• Em-motion

Definindo seu Cliente Ideal - 09 Características Essenciais do seu Avatar nos Negócios

Atualizado: 10 de Mai de 2019

#avatar #publicoalvo #clienteideal



Você sabe o que é um Avatar? Já ouviu falar mas não sabe exatamente o que significa?


A palavra Avatar deriva do sânscrito Avatãra, que significa descida. Usada pelos Hindus para definir as formas do Deus Vishnu na terra.


Segundo o Hinduísmo, quando um grande mal ameaça o mundo, Vishnu vem à terra materializado em forma humana, animal, ou uma combinação dos dois.


Essas formas são chamadas por eles de Avatares, e Vishnu possui 10 Avatares diferentes capazes de materializar sua essência na terra.


Buda, foi um dos Avatares de Vishnu e veio à terra na forma humana. Portanto Buda, O Iluminado é a personificação do Deus Vishnu na terra.


Religiões e culturas à parte, o que se difundiu do conceito de Avatar foi justamente o fato de ser a personificação de algo.


E nos negócios, podemos dizer que o Avatar é a personificação do seu público-alvo, o cliente ideal do seu sub-nicho de atuação.


Vamos entender melhor como isso tudo funciona?




Nesse artigo você verá:


O que é o Avatar

A importância de uma relação mais próxima com o cliente

Quais características devem ser definidas

Exemplos Práticos

Criando o Avatar do seu Novo Negócio Digital

Criando o Avatar do seu Negócio

Reflexão





O que é o Avatar?



Se você já leu nosso artigo sobre Mercado, Nicho e Sub-nicho, viu que definir uma área de atuação específica pode ser decisivo no sucesso do seu novo negócio.


Conhecendo seu sub-nicho de atuação, está na hora de definir com quem exatamente você vai falar, para quem você vai vender.


O sub-nicho é o conjunto de características e necessidades específicas de um grupo de consumo. O Avatar é a personificação desse grupo, ou seja:


O Avatar é a personificação do seu sub-nicho, do seu público alvo.


É com ele que você vai falar durante todas as suas campanhas de marketing, é para ele que você vai gerar conteúdo e é ele quem vai comprar seu Infoproduto.


Você cria uma pessoa que pertence ao seu sub-nicho, define características demográficas, localização, necessidades, desejos, pontos de dor, comportamento.


Enfim, tudo o que for necessário para tornar sua relação o mais próxima possível do seu cliente.




E por que uma relação mais próxima é tão importante?



As pessoas preferem comprar aquele produto que foi feito especialmente para elas. Se você entende as necessidades do seu cliente, fica mais fácil oferecer soluções assertivas.


E quando o seu Avatar identificar que VOCÊ sabe exatamente do que ele precisa, seu produto será muito mais atrativo que os outros do mercado. Pois você possui a informação que vai resolver o problema do seu cliente!


Outro grande benefício de se definir um Avatar é poder alcançar aquela parcela de futuros clientes que não sabem que precisam do seu produto e também não estão procurando.


“Mas como assim? Como eu vou vender para uma pessoa que não precisa do meu produto? Isso é consciente?”


Algumas pessoas não sabem que precisam do seu produto até você apresentar a transformação que ele causa. E esse grupo de pessoas é a base da pirâmide de clientes. É a grande parcela a ser encantada.





A maioria de seus futuros clientes nem sabe que precisa do seu produto. No entanto, ao descobrir a transformação gerada por ele percebem que seu produto de fato resolve um problema que ele mesmo não tinha identificado.


Quando você define seu Avatar, você fala diretamente com esse grupo de pessoas e mostra para elas que aquele problema existe e que você é quem tem a solução. Afinal, você que definiu as características dele e sabe exatamente do que ele precisa.




Quais características devem ser definidas?


Após definir seu sub-nicho de atuação, é hora de definir seu Avatar. Se você está iniciando um novo negócio agora, vai precisar escolher algumas características que quer para o seu Avatar.


Se já possui uma audiência ou uma carteira de clientes, deverá saber quais as características o seu potencial consumir apresenta.


Você deve procurar por:



Características Demográficas




1) Gênero: pode ser que o sub-nicho do seu produto seja estritamente feminino, como por exemplo um produto voltado para gestantes. Nesse caso, o gênero já está bem explícito.

E não porque apenas mulheres comprarão o seu produto, afinal, pode ser um presente para uma gestante. Mas você sabe que a maioria de seus potenciais clientes são do gênero feminino.


Porém, pode ser que o seu produto não tenha uma particularidade tão específica assim de determinado gênero. Nesse caso é interessante pensar qual deles é o maior potencial consumidor do seu produto.


Definir o gênero do seu Avatar não significa excluir os demais, mas sim, falar mais diretamente com quem potencialmente consumirá o seu produto. Otimizando as estratégias de divulgação e venda.


2) Idade: saber a faixa etária de seu Avatar significa compreender melhor o comportamento dele. Crianças, adolescentes, adultos e idosos pensam e agem de formas diferentes.


O seu produto resolve melhor os problemas de quem? Um Avatar entre 20 e 35 anos? Ou talvez entre 35 e 50 anos?


Conheça o seu produto. Identifique o seu cliente!


3) Nacionalidade: o potencial cliente para o seu produto é brasileiro? Pode ser também que você tenha um Infoproduto com soluções específicas para estrangeiros, e aí é necessário definir qual a nacionalidade predominante desses clientes e atribuí-la ao Avatar.


4) Localização: onde o seu Avatar mora? Escolha uma localização para ele, bem específica mesmo. Quanto mais específica, mais chances de acertar o alvo. Escolha o Estado, e também a Cidade.


5) Nome: se você atribuir um nome ao seu Avatar ficará mais fácil relacioná-lo a alguém real. Escolha uma nome para esse personagem do cliente ideal!




Características Comportamentais



6) Necessidades: as necessidades são aquilo que seu Avatar precisa e às vezes nem sabe que precisa ou não está procurando.


Saiba do que o seu Avatar precisa, quais são suas necessidades. Assim você terá a chance de mostrar a ele a transformação que seu produto pode causar.


E mais, descubra porque essas necessidades não estão sendo atendidas no mercado ainda, o que está faltando?


Lembre-se, as pessoas tendem a escolher aqueles produtos que foram feitos especialmente para elas. E para conseguir entregar esse produto você deve saber do que o seu cliente precisa!


7) Desejos: Já os desejos são aquilo que seu Avatar precisa e está buscando. Ele sabe o que quer!


Procure saber os desejos de seu Avatar, entenda o que ele está procurando e porque ainda não encontrou. Assim você se tornará capaz de entregar o que ele busca!


8) Pontos de dor: o que não está deixando seu Avatar dormir a noite? Qual sua preocupação?

Os medos do seu Avatar podem fornecer dicas importantes sobre sua personalidade. O que ajudará você a entendê-lo melhor.


9) Objeções e preconceitos: o que o seu Avatar pode pensar que o impeça de comprar o seu produto. Quais suas objeções? Quais os seus preconceitos?


Descubra essas informações para ofertar o produto ideal. Você tem a oportunidade de quebrar todas as objeções do seu Avatar e oferecer exatamente o que ele precisa.





Exemplos Práticos


Mercado: Curso de Idiomas | Nicho: Inglês | Sub-nicho: Negócios (Business)


Nome: Mariana

Idade: 45 anos

Gênero: Feminino

Nacionalidade: brasileira

Localização: São Paulo - SP

Desejos: aprender a falar inglês e ser fluente em termos específicos do seu trabalho.

Necessidade: falar inglês fluente o mais rápido possível para conquistar novas posições dentro da empresa.

Pontos de dor: Mariana tentou alguns cursos inglês anteriormente e sempre teve dificuldades. Apesar de toda sua competência no que faz, sente que se não dominar o idioma perderá oportunidades de crescimento em seu trabalho. O que gera medo e insegurança.

Objeções e preconceitos: por ter tentado outros cursos anteriormente sem sucesso, Mariana não acredita que encontrará um curso que se encaixe ao seu perfil. Mariana também não gostaria de ter que sair de casa para estudar.




Mercado: Gastronomia | Nicho: Curso de Receitas Vegetarianas | Sub-nicho: Jovens que moram sozinhos


Nome: Lucas

Idade: 21 anos

Gênero: Masculino

Nacionalidade: brasileiro

Localização: São Paulo - SP

Desejos: aprender algumas receitas simples pra se virar na rotina morando sozinho.

Necessidade: As receitas tem que ser sem qualquer tipo de carne, Lucas é vegetariano.

Também tem que ser simples e rápidas de preparar.

Pontos de dor: vivendo a experiência de morar sozinho Lucas sente muita preguiça de cozinhar, então gostaria que algumas receitas pudessem ser congeladas. Assim durante a semana é só chegar em casa e esquentar a comida no microondas.

Objeções e preconceitos: não leva o menor jeito para a cozinha, também não sabe escolher muito bem ingredientes frescos no mercado. Talvez um E-book explicando como se escolhe cada fruta, legume e verdura pudesse ajudá-lo.






Criando o Avatar do seu NOVO Negócio Digital



Para você que está acompanhando esse artigo e quer saber como definir um Avatar em um novo negócio, aqui vai o caminho.


Você ainda não possui clientes ou uma lista de Leads qualificados, portanto, não tem como obter essas informações de clientes reais.


O que você deve fazer é escolher todas essas características e montar um Avatar completamente original. Isso quer dizer que você vai definir quem o seu produto quer alcançar.


Esse será o seu Avatar original, o primeiro de todos!

Conforme o relacionamento com seus Leads (seus potenciais consumidores e interessados em seu trabalho) for aumentando e as vendas forem acontecendo, será possível identificar qual o perfil daqueles que interagiram e compraram mais.


Mas por enquanto, o importante é escolher as características do seu Avatar e toda vez que você for criar um produto, uma campanha de marketing, uma oferta, garantias, tudo o que for deve ser pensando para atender o seu Avatar.



Uma dica é escolher alguém que você conhece e que tem certeza que compraria seu produto. Use as características dessa pessoa para começar e vá alterando conforme o seu desejo de atingir determinado perfil.





Criando o Avatar do seu Negócio Digital



Para você que já criou seu negócio digital, já tem seus próprios Leads ou até já realizou as primeiras vendas o caminho é um pouco diferente.


Nessa etapa você já é capaz de fazer uma análise das pessoas que acompanham o seu trabalho.


Você pode montar uma pesquisa perguntando todas essas informações demográficas e comportamentais para a sua lista.


Assim você poderá analisar os resultados e montar um Avatar que possua todas essas características dominantes na pesquisa.




Reflexão



Você vai encarar uma série de etapas na criação do seu novo negócio e espero ajudá-lo em todas elas.


A definição do seu Avatar é um momento importante, afinal, conhecer bem seu cliente ideal te dará mais chances de entregar o produto que ele precisa.


Não deixe de acompanhar todo nosso conteúdo sobre Empreendedorismo Consciente.


A Consciência cria. O Empreendedorismo transforma.


Camila Alves para Em-motion.







815 visualizações1 comentário