• Em-motion

Entrevista com Mabel Cristina Dias

Conversamos com a nossa co fundadora e diretora, sobre a sua trajetória profissional e a importância da educação para a evolução humana.

Logo no começo da entrevista, Mabel conta um pouco da sua juventude:


“Tive uma infância tranquila na qual recebi muito amor e incentivo. Gostava de aprender sobre tudo e desde menina já era fascinada pelos livros.

Lia sobre assuntos variados com muita curiosidade, desde as obras dos mestres da literatura até enciclopédias, biografias, livros de história geral, filosofia, enfim, tudo o que pudesse amenizar a inesgotável sede de conhecimento."


Contando sobre o início de sua carreira, Mabel nos mostra todos o conhecimento que alcançou ao estudar tratamentos que ajude o individuo.


“Graduei-me em Medicina na gloriosa Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, em 1986. Fiz residência médica no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo e especialização em Acupuntura Médica pela Associação Médica Brasileira de Acupuntura.

Durante os anos de prática clínica, atendi milhares de pessoas com os mais diversos tipos de doenças. Constatei que o ser humano adoece e sofre porque não está desperto para uma realidade que ainda lhe foge aos sentidos, mas que é mais real do que tudo.

Tal constatação me fez buscar novas formas de tratamento para os males humanos. Estudei e apliquei terapias diferentes, dentre elas a naturopatia e a medicina tradicional chinesa, mas sempre me deparava com a mesma questão: a da Consciência. Técnicas terapêuticas podem ser efetivas, mas seus resultados só serão duradouros se houver uma verdadeira transformação na consciência do indivíduo."


Ao encarar toda essa busca, ela fala qual foi o seu ponto de partida para alcançar maior aprimoramento.


"Trilhei caminhos alternativos em busca das respostas ao sofrimento humano. Busquei o autoconhecimento com a mesma determinação que tenho em relação ao conhecimento geral.

Sentia necessidade de resgatar o meu poder pessoal e minha conexão com a Totalidade para que pudesse, em primeiro lugar, ajudar a mim mesma, para depois ajudar as outras pessoas. Passei a estudar os ensinamentos dos grandes iluminados, a essência das principais religiões, filosofia, metafísica, e tudo o que pudesse me trazer uma compreensão mais profunda sobre a alma humana e a natureza da realidade.

A teoria não me satisfez. Faltava-me a vivência de tudo isso. Sem ela, todo o conhecimento parecia estéril e vazio. Quis descobrir minha própria verdade."


Ao fazer constatações sobre seus aprendizados, Mabel descreve a jornada que mudou sua vida:


"A partir de 2001 uma porta se abriu para que o sagrado entrasse em minha vida. Iniciei uma jornada consciente em busca da intuição, disciplina espiritual e visão expandida da vida.

Nos últimos quinze anos fui iniciada em algumas tradições, participei de inúmeras aulas, rituais e vivências que me lapidaram como um ser humano integral. Esse caminho me proporcionou vivenciar o equilíbrio entre razão e emoção, matéria e espírito, humano e divino. E mais do que isso, reacendeu meu propósito de vida: colaborar no processo de despertar da humanidade para uma nova realidade que vem se revelando a cada dia.

Em paralelo, continuei pesquisando diversas áreas do saber como Nutrição, Yoga, Meditação, Programação Neurolinguística, Psicologia, Medicina Energética e Informacional, Mecânica Quântica, Espiritualidade, Consciência e Criação da Realidade."


Após toda pesquisa que ela realizou, ela nos fala a dominante comum que alcançou:


" A Consciência é a base de tudo, o princípio criador e unificador que nos conecta a todos os outros seres e coisas. O fundamento de uma vida abundante e cheia de significado."


Somos ondas de um oceano infinito de pura potencialidade, conectados na origem, mas munidos de individualidade e auto expressão. Somos inteiramente capazes de criar toda saúde, alegria, prosperidade e realização em nossas vidas porque somos parte da Fonte criadora de universos. Mas é preciso que cada um relembre como acessar esse poder que já habita em si de forma latente. Assim resgataremos o nosso lugar ao sol, como indivíduos e como sociedade.


Ao ser questionada sobre a criação da Em-Motion, ela nos fala sobre o projeto e qual é sua meta:


"Em 2016, criei juntamente com Lucca Ferronatto a Em-Motion, escola livre de empreendedorismo consciente. Isso porque entendemos que o trabalho pode ser veículo de felicidade, autorrealização e expansão da consciência, tanto coletiva quanto individual.

Nossa meta é criar uma comunidade de empreendedores que atuam no mercado, baseada em uma nova visão de mundo (princípios quânticos e conscientes da realidade), gerando assim uma revolução na maneira com se faz negócios no mundo."


Mabel ainda nos contou sobre os seus Projetos paralelos:


Em 2019, estou dando início a dois projetos:


• O Artétipos, em parceria com Lucca Ferronatto , em que abordamos temas relacionados com a importância dos Arquétipos, Mitos e Inconsciente na vida das pessoas.

• O Ela Flui, em parceria com Camila Alves da Silva, que tem como objetivo auxiliar mulheres empreendedoras a se conectarem consigo mesmas e com as demais, de forma a alavancar seus projetos profissionais, sem perder a qualidade em outros setores da vida pessoal.


A dar sua opinião sobre educação, ela cita a importância da sociedade:


“A educação é a base de um indivíduo e de toda a sociedade. É através dela que se aprende a como funciona a realidade e a melhor maneira de se viver em comunidade.

Uma educação de qualidade (não tendenciosa) impede que viremos massa de manobra e ao mesmo tempo nos possibilita evoluir como seres humanos dentro do nosso máximo potencial.”

128 visualizações1 comentário