• Em-motion

Vitalidade: o combustível do empreendedor consciente

Atualizado: 11 de Abr de 2019

#Vitalidade

Alguma vez você ficou super empolgado para abrir um novo negócio, para inovar em seu trabalho, começar a se exercitar, aprender um novo idioma e, no fim, não deu em nada?


Quem já não passou por isso e ainda se sentiu culpado por ser indisciplinado?


Quando somos conscientes não sentimos culpa, mas nos responsabilizamos pelo que nos acontece. Sabendo que criamos a própria realidade, é essencial investigarmos objetivamente todos os fatores que estão nos afastando de nossas metas e do crescimento sustentado.


Sabia que uma das causas ocultas do fracasso das promessas de mudança que nós fazemos, incluindo as de final de ano, é a falta de vitalidade?


Vitalidade se refere à quantidade de energia disponível para manter nossas funções corporais e para realizar nossos projetos.


Neste artigo você vai saber de onde vem sua energia e como mantê-la em níveis adequados seja para alcançar o sucesso,seja para comemorar suas vitórias.



Nosso Organismo é como um telefone celular


Nós somos constituídos por um sistema energético invisível aos olhos, mas que pode ser sentido a todo momento, bastando para isso um pouco de atenção de nossa parte.


Para facilitar o entendimento, vamos comparar nosso organismo a um telefone celular.


Corpo físico (visível) = hardware/aparelho celular


Corpo energético (vitalidade) = bateria do celular


Corpos emocional e mental = software/programas/ aplicativos


Corpo espiritual (conexão com a Essência) = antena e sinal do celular



Corpo Físico


O corpo físico é a base de tudo e precisa ser saudável para sustentar a jornada, o sucesso e a auto realização.


Você bem sabe como é complicado trabalhar quando está se com dor ou com alguma incapacidade física...


O corpo físico nos parece sólido quando levamos em consideração apenas nosso limitado sistema sensorial (visão, audição, olfato, tato), mas é um sistema complexo de trilhões de células inteligentes, vibrando numa frequência de 360-750 trilhões de vibrações por segundo, constituído fundamentalmente por energia e informação.


O corpo físico é a parte vibratória mais densa e grosseira de nosso organismo, um veículo (o aparelho celular) para expressar a nossa consciência e ter as experiências que desejamos ou necessitamos para nossa evolução.


Quando ele morre, seus átomos retornam à natureza, mas a consciência que o anima permanece sua jornada evolutiva.


Para manter a saúde física é preciso cuidar da energia que o sustenta, como veremos a seguir.



Corpo Energético



O corpo energético é invisível aos olhos físicos. Ele se situa dentro e na periferia do corpo físico, servindo como um molde. Por isso, nossos átomos são substituídos de tempos em tempos, e continuamos com o mesmo aspecto. Isso se deve à energia e à informação que sustenta a cada instante o que somos fisicamente.


Qualquer alteração no corpo energético, seja diminuição ou estagnação de energia, gera uma desarmonia que pode causar uma doença física ou mental,com o passar do tempo.

Assim, como um celular, precisamos carregar nossa bateria diariamente para que ele funcione.


Nosso nível de energia depende das seguintes fontes:


1 - Ancestral


Nascemos com uma quantidade de energia-reserva que depende basicamente da energia dos nossos pais no momento em que fomos concebidos. Não é possível aumentar essa cota, somente não gastá-la rápido demais.


Por isso, devemos evitar o que sabidamente a consome como: excesso de trabalho, repouso insuficiente, abuso de drogas (lícitas e ilícitas), stress crônico (físico, mental e emocional).


Quando a energia ancestral se esgota, o corpo biológico morre.


2 - Alimentação


Para manter o nível diário de energia para a realização de qualquer tarefa e até mesmo para manter os órgãos funcionando, precisamos da energia renovável que vem principalmente dos alimentos.


No que se refere à quantidade, devemos atentar principalmente para os excessos cometidos, causa da epidemia de obesidade e doenças degenerativas no ocidente. Comer pouco é a única forma atestada pela ciência para se viver mais.


Quanto à qualidade dos alimentos, vale lembrar que o mais saudável é optar por uma alimentação à base de vegetais, frutas, sementes, grãos integrais, com o mínimo possível de produtos de origem animal, refinados e processados. Beber 30 ml de água alcalina por kilo de peso por dia, para evitar a desidratação subclínica que sabidamente diminuirá sua concentração.


3 - Respiração


O ar é outra fonte de energia renovável essencial para a nossa vida.


Normalmente, respiramos de forma superficial e com a parte superior do tórax. Isso não propicia uma boa oxigenação dos tecidos. Por isso, é fundamental respirar mais profundamente, mantendo a coluna ereta e usando o abdome,como faz instintivamente um recém-nascido.


Convém lembrar que precisamos de 10 minutos de sol por dia sem filtro solar para a produção na pele da vitamina D (hormônio envolvido em várias funções corporais), além de atividade física regular para manter a circulação sanguínea e energética em pleno funcionamento. Vale caminhada, musculação, dança, prática de esportes, artes marciais e yoga. O importante é sentir prazer com a prática escolhida.



Corpos Emocional e Mental



Saúde e vitalidade dependem diretamente das informações que recebemos não só do exterior, mas principalmente do nosso interior. A mente, representada pelas emoções, sentimentos e pensamentos, informa o organismo o tempo todo assim como os programas que existem em um celular.


A qualidade do que pensamos e sentimos, durante a maior parte do tempo, determina como estamos alimentando nosso ser. Dessa forma, para termos vitalidade é fundamental que escolhamos cultivar os pensamentos mais positivos e coerentes possíveis e os sentimentos que nos tragam bem -estar (alegria, compaixão,amor, entusiasmo). É sempre uma escolha que fazemos a cada instante: se alimentarmos o que nos causa bem-estar ou mal-estar.


Os fatos e as situações de vida são neutras, nós é que optamos como vamos interpretar a realidade.


É importante frisar que criamos nossa própria realidade conforme nossos pensamentos, sentimentos, palavras e ações. Se a realidade está complicada, temos que avaliar como estamos criando isso e procurar mudar.


O autoconhecimento e a meditação diária são essenciais para quem deseja aumento da vitalidade.



Corpo Espiritual


Você já deve ter ouvido a frase: “Não somos seres materiais tendo experiências espirituais e sim seres espirituais tendo experiências materiais”.


Essa afirmação reflete a idéia de que cada um de nós tem uma Essência eterna, que evolui em consciência conforme vai tendo experiências nesta e em outras vidas.


Entender isso é de uma importância tremenda na vida de qualquer pessoa. Muda toda sua visão de mundo (paradigma), como se comporta no dia-a dia e os resultados que obtém em todas as áreas de atuação.


Viver conforme nossa natureza amorosa (Essência), e não conforme nosso ego medroso e condicionado é a base do despertar espiritual, ou como alguns chamam: a iluminação espiritual. Uma pessoa que atingiu este despertar tem mais vitalidade pois está em maior conexão com o Campo de Consciência (oTodo), que é a fonte de toda energia, informação, criatividade e amor.


Sem essa conexão, agimos conforme tentativa e erro. Com ela, somos inspirados e guiados o tempo todo, em direção ao que é melhor para nós.


Levar essa qualidade consciencial para os negócios é uma revolução que está se iniciando agora, através do empreendedorismo consciente.


Mabel Cristina Dias.

Empreendedorismo Consciente: A liberdade de ser quem você é.

243 visualizações